A Associação dos Advogados Criminalistas do Estado de Santa Catarina – AACRIMESC, vem a Público manifestar sua indignação ante as genéricas e inconsequentes insinuações proferidas nos últimos dias e levadas à imprensa por membros do Departamento Estadual de Administração Prisional, quanto a suposta participação, colaboração ou qualquer forma de favorecimento ou auxílio prestado por membros dessa classe a integrantes de organizações criminosas.

Repudiamos qualquer acusação generalizada e inominada contra advogados, em especial os criminalistas, bem como qualquer ato que atente contra as prerrogativas da advocacia, como vem ocorrendo indiscriminadamente com as abordagens e revistas pessoais aos advogados após visitarem seus clientes, especialmente nas cercanias de São Pedro de Alcântara.

Reafirmamos ainda o compromisso de denunciar, como sempre temos feito durante anos, todas as torturas, agressões e violências sofridas pelos indivíduos que se encontram sob a tutela da administração pública, praticadas por agentes estatais que deixam de cumprir suas verdadeiras funções de vigiar e garantir a segurança interna e a ordem nos ergástulos penais.

Por fim, em razão dos fatos ocorridos nas últimas semanas, a AACRIMESC solidariza-se com a sociedade catarinense e continua mantendo a plena confiança no Estado de Direito e nos poderes constituídos.