No dia de hoje, 11 de agosto, comemora-se o Dia do Advogado, data de fundação dos primeiros cursos de direito do Brasil, um no largo São Francisco outro em Olinda, nas outrora prósperas capitanias de São Vicente e Pernambuco, no distante ano de 1827.

O projeto de criação de uma universidade de Direito no Brasil deu-se por iniciativa de José Feliciano Fernandes Pinheiro, brasileiro, formado em direito em Portugal, visconde de São Leopoldo e deputado geral da Assembleia Constituinte de 1823.

Ao justificar a proposição, o parlamentar enfatizou em seu discurso que o objetivo principal era evitar a opressão aos alunos brasileiros que iam estudar em Portugal.
Passados 188 anos, os advogados continuam a lutar contra o preconceito, os arbítrios, as desigualdades, as oligarquias, os mandos e desmandos de toda sorte, em prol de uma sociedade mais justa e igualitária.

O advogado é o guardião da Constituição e da Justiça, e da defesa intransigente da ordem jurídica, do Estado Democrático de Direito, dos direitos humanos e da justiça social.

Nosso mister é árduo e repleto de obstáculos, porém toda sorte de agruras que enfrentamos desde o início da carreira nos fóruns dos mais remotos rincões servem para abrilhantar ainda mais esta nobre profissão, que sempre traz frutos àqueles se dedicam com amor.

Nunca olvidemos o solene juramento que prestamos de pautar-nos pela ética e pela moral, com independência e dignidade, tendo sempre em mente que a recompensa final pelo esforço e devoção à nossos ideais estará eternamente em nossas consciências.

Parabéns Colegas pelo nosso Dia!

Hélio Rubens Brasil

Presidente